Foto Fundação Lemann lança o programa de empreendedorismo Desafio Start-Ed

Fundação Lemann lança o programa de empreendedorismo Desafio Start-Ed

A Fundação Lemann e a Universidade de Columbia, em parceria com Artemísia lançam o programa Desafio Start-Ed - Tecnologias para Transformar a Aprendizagem, com o objetivo de selecionar pessoas sinceramente interessadas em empreender produtos ou serviços destinados a área da educação.

 

 

O Programa selecionará 12 empreendedores no setor da educação para formar times com os estudantes da Universidade Columbia. Eles serão preparados para desenvolver ideias que solucionem desafios de três temas importantes para a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC):

 

 

Defasagem escolar: Desafio de garantir que os estudantes concluam os ciclos de ensino da educação básica na idade correta. Neste tópico os empreendedores receberão orientações para pensar em como a tecnologia poderá auxiliar a identificar, planejar e executar estratégias pedagógicas capazes de responder as diversas condições que atrasam estes estudantes.

 

 

Educação inclusiva: Garantia do aprendizado para alunos com necessidades especiais matriculados na rede pública. Neste tópico os empreendedores receberão orientação para pensar na maneira em que a tecnologia poderá auxiliar e dar força as estratégias pedagógicas do atendimento educacional especializado (AEE) das escolas garantindo o acesso de alunos deficientes aos seus direitos e objetivos de aprendizagem.

 

 

Participação ativa de pais e responsáveis na aprendizagem dos alunos: Desafio da participação ativa dos pais no processo de aprendizagem dos filhos por despreparo ou pela falta de senso de responsabilidade pela qualidade da educação. Neste tópico os empreendedores receberão orientação para pensar em como a tecnologia pode ajudar e capacitar pais na participação mais ativa e efetiva da educação de seus filhos para garantir a aprendizagem dos objetivos de conhecimento propostos pela BNCC.  

 

 

“A BNCC ajudará a garantir que todos os alunos brasileiros tenham os mesmos direitos à aprendizagem, mas sabemos que educadores, gestores escolares, pais e responsáveis enfrentarão alguns desafios para trazê-la para dentro da escola”, explica Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann. “O Desafio Start-Ed é fruto de mais uma parceria que firmamos com o objetivo de ajudá-los no processo de implementação”, completa. “A união de expertises e experiências das organizações certamente fará deste programa algo histórico para a educação no nosso país”, afirma Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia.

 

 

O Programa terá duração de oito meses, com encontros presenciais, realizados no Brasil, em São Paulo, e em Nova York (EUA), além de acompanhamento virtual dos empreendedores entre os encontros. Durante esse período, os participantes poderão acessar ferramentas, conteúdos e mentores para que, em um curto período de tempo, possam desenvolver, melhorar as soluções e progredir rapidamente em suas trajetórias empreendedoras.

 

 

As inscrições poderão ser feitas até 10/09/2017, pelo site da Fundação Lemann. Para participar do processo seletivo o candidato deverá ser maior de 18 anos, ter competência empreendedora, formação acadêmica e qualificações, experiência profissional, comprometimento com impacto, interesse em solucionar desafios associados aos três temas da educação mencionados, inglês intermediário/avançado, passaporte e visto para os EUA válido e disponibilidade para participar de todo o programa. Saiba mais sobre o programa no regulamento.

 

Fonte: IDGNOW, STARTUPI