Foto Programa de aceleração do Facebook, em parceria com a Artemisia, seleciona startups no Brasil

Programa de aceleração do Facebook, em parceria com a Artemisia, seleciona startups no Brasil

Nesta segunda-feira (02/10), o Facebook iniciou o processo de seleção de startups de impacto social, que acontecerá gratuitamente na nova Estação Hack, primeiro centro de inovação do Facebook no Brasil.

 

A Companhia, em parceria com a Artemisia, irá selecionar 10 startups para participar do seu processo de aceleração de startups. Os selecionados receberão residência pelo período de seis meses e poderão usufruir da infraestrutura e das ferramentas do Facebook, além de receber mentoria de especialistas, apoio na formação do modelo de negócios e refinamento do impacto social com a metodologia Artemisia.

 

O programa está buscando startups que tenham projetos com um protótipo em fase de testes de mercado ou que já tenham sido lançados e buscam um crescimento rápido. Estas empresas em início de atividade no mercado deverão apresentar soluções dentro dos seguintes temas: empregabilidade, educação, segurança de dados, engajamento cívico, serviços financeiros (para inclusão ou educação financeira) ou microempreendedorismo.

 

Segundo a diretora-executiva da Artemisia, Maure Pessanha, "na metodologia de aceleração da Artemisia, os selecionados serão desafiados a formatar seus modelos de negócio e refinar o próprio impacto social. O objetivo é desenvolver os empreendedores em nível pessoal e profissional, para alcançarem o maior potencial de impacto possível."

 

“Sabemos que a tecnologia pode transformar a vida das pessoas, mas nem sempre elas têm as ferramentas que precisam para desenvolver suas soluções. É isso o que vamos oferecer aos brasileiros no programa de aceleração da Estação Hack”, afirma o coordenador da Estação Hack, Eduardo Lopes.

 

As inscrições podem ser feitas acessando este link e vão até 29 de outubro.

 

Fonte:  Startupi, Computerworld, IDG NOW